terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

CONFIANÇA!

                                                                   
       Há quem justifique sua falta de sucesso, ou sua incapacidade de obter bons resultados no ENEM  ao ensino público. Costumo dizer que sala de aula não é picadeiro e, logo, torna-se impossível fazer mágica. Uma escola de ponta- como nomeiam por aí- não é aquela que possui, apenas, professores capacitados, com cursos de pós- graduação, mestrado e etc. Lógico que isso conta muito, mas não é uma via de mão única. Precisamos ter alunos com sonhos, com espírito de conquista com vontade de fazer a sua parte. Gilberto Azeredo Gomes cumpriu seu papel de aluno, buscou e conquistou seu sonho de cursar uma Universidade Pública e o fez sendo orindo de uma escola pública, a nossa escola.
      Com orgulho e admiração publicamos a redação do nosso realizador de sonhos, daquele que sabe que não vale a pena estar o tempo todo na zona de conforto e que, junto com professores, fez uma escolha e acertou a direção.
     Parabéns Gilberto! Parabéns a todos os outros que acreditaram e ousaram!! Vocês merecem um presente e um futuro brilhantes!

                                 CORAÇÃO DE MÃE SEMPRE CABE MAIS UM?

     "Não é de hoje que nosso país tornou-se um refúgio para aqueles que sonham com uma vida melhor. Um bom emprego, uma boa formação, até um simples pedaço de terra para plantar e colher tornam-se grandes atrativos- em boa parte, ilusórios- para aqueles que se veem " abandonados" pelo seu próprio país.
      Aproveitando-se do fato da falta de empregos na América do Sul, traficantes de pessoas seduzem simples desempregados com o sonho de trabalhar no Brasil. A cada mês, centenas de bolivianos são enganados e ao chegarem em nosso paíssão trancafiados como escravos em confecções, principalmente na cidade de São Paulo.
      A Universidade Federal do rio de Janeiro ( UFRJ ) tem recebido um número cada vez mais significativo de estudantes africanos- uma prova de que a imigração não restringe-se a nossas fronteiras terrestres- que enganados encontram uma situação bem diferente da oferecida a eles. É perceptível que nosso país não nota- será?- as falhas em seu programa de estudos. Países assolados por conflitos veem no Brasil a última esperança e, seduzidos pela última proposta de alguns alqueires de terra, entram para a lista de imigrantes enganados.
      A conclusão é óbvia: nosso governo mostra-se "cego" diante de tal problema e soluções paliativas não são mais eficientes. Nosso país é acolhedor, mas não uma "hospedaria de sonhos". Devemos controlar melhor nossas fronteiras e nos unir aos outros países para evitar o tráfico de pessoas e punir os traficantes. Até porque, chega uma hora em que não cabe mais ninguém no coração da mãe."

                                                   Gilberto Azeredo Gomes

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Gilberto é demais!!! Estudava na mesma sala que ele ano passado, também passei pra UENF esse ano, mas vou continuar no João Pessoa porque só fiz o ENEM pra teste mesmo e também não era o curso que eu queria de primeira assim, sou da 3001 agora.
    Lucas França

    ResponderExcluir
  3. Me gusta de lo que se habla, y como, en este blog.
    Gracias por comparir.
    Besos.

    ResponderExcluir